Filmes Comentários

domingo, 22 de abril de 2012

Pneumonia ou Infecção hospitalar


                                                                     Dr. Mengele


Ricardo Líper


Recentemente um filho de um cantor famoso,  internado por outra coisa,  adquiriu pneumonia. O número de pessoas que morrem de pneumonia nos hospitais é muito grande. Perguntas aos ingênuos: por que não temos as estatísticas ou, se existem, por que não são divulgadas? Observe: pneumonia em UTI e relação com idosos internados. Será que você nunca ouviu falar do vizinho, do parente, das pessoas idosas queridas que são internadas para fazer qualquer coisa, uma perna engessada e morrem, repentinamente, de infecção respiratória? Já contou nos dedos essas mortes Ingênuo da Silva Santos? Ouve-se muita coisa sobre câncer. Sobre ataques cardíacos. Mas pneumonia, não. Fica até parecendo uma gripe mais forte que tem cura certa. Mas será mesmo? Qual a sujeira, a safadeza, o gangsterismo que gera a negligência e causa a morte que está por detrás disso? Será que a pneumonia, Ingênuo da Silva Santos, não dá o dinheiro como o câncer e a cardiologia faz vários segmentos mengelianos embolsar? Oh, Marx! Como você acertou nisso. Talvez não souberam resolver o social e o político no socialismo, mas que a vontade de acumular o capital é fundamental para se fazer vilanias, certamente é. Qual a relação de UTI e Semi UTI e infecções hospitalares e a penumonia hospitalar? Será que só vender antibiótico com receita médica, dando aos médicos mais poder sobre a população é que pode?  Ah, Foucault! Como você nos faz falta. Será que não vender penicilina vai ou está resolvendo a mortandade de pessoas internadas que morrem de infecção respiratória como moscas, sendo torturadas de forma que causaria inveja ao Dr. Mengele, nos hospitais desse país-inferno que é o Brasil? Será que já é epidêmica? Isso se você não perder a ingenuidade, Ingênuo da Silva Santos, quem sabe você não será a próxima vítima de uma assassinato onde os culpados jamais conhecerão Nuremberg?!



4 comentários:

  1. Schopenhauer:

    "O inferno de nossa vida supera o de Dante no ponto de que cada um de nós é o demônio do seu vizinho. Há também um arquidemônio, a quem os outros obedecem: é o conquistador, que dispõe os homens uns em frente dos outros e lhes grita:

    'Vosso destino é sofrer e morrer; portanto, matem-se!'"

    ResponderExcluir
  2. Num país de católicos, ignorantes e patriotas não surpreende que a maioria dos brasileiros não saiba como se distribui o nosso bolo
    tributário (de toda a nação):
    64% é federal (centralizado em Brasília)
    32% é estadual (decidido por governadores)
    4% é municipal (na esfera dos prefeitos)
    Temos 5.564 municípios no Brasil

    Consequência disso, quando se pega um avião de Recife para Brasilia 30% da lotação é de prefeitos que estão indo medingar
    na capital federal.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia!
    É fato comprovado. Infecção hospitalar mata, e muito, todos os anos. Boas práticas em higiene pessoal, limpeza de ambientes e utensílios utilizados para atender clientes/pacientes são medidas preventivas eficientes, porém dentro de um processo contínuo, em que um grande número de pessoas são envolvidas e que também envolve equipamentos e acessórios médicos/hospitalares de áreas distintas, com alto “toque” o risco de contaminação cruzada cresce de uma forma intensa, por que o volume de atendimentos são altos e caso alguém da equipe não respeita as boas práticas, todo o esforço do conjunto de medidas caem por terra. Dessa forma os aditivos antimicrobianos ou antibacterianos incorporados em resinas plásticas, tecidos e tintas durante a fabricação, podendo ser um bem descartável ou durável mostram o seu “valor de uso”. Esses aditivos aliados às boas práticas ampliam a barreira de proteção quanto à contaminação cruzada, reduzindo a contaminação cruzada e consequentemente a infecção hospitalar , mas nunca abandonando as normas recomendadas de limpeza e procedimentos.
    Um bom aditivo antimicrobiano tem as funções bactericida, bacteriostática, fungicida e fungistática . Um produto eficiente também deverá eliminar além das bactérias, os bolores, as leveduras e os vírus. Os benefícios dessas tecnologias são amplos, mas é preciso saber quantificar e valorar os resultados para que possam ser comparados com o acréscimo dos custos. A tradicional relação CUSTO X BENEFÍCIO será o ponto de decisão. Certamente todo aditivo agrega um custo na matéria prima por que ele trará um resultado desejado, nesse momento conte com uma alternativa econômica, eficiente e duradoura, consulte a Provida Antimicrobianos, site www.provida.ind.br, nele você encontrará 03 linhas de antimicrobianos para tintas e resinas plásticas. Antimicrobianos Orgânicos "Nanoclean 80 e Nanoclean 500", Antimicrobianos Inorgânicos "Nanoclean Glass" produzido com silver glass (íons de prata em matriz vítrea) e Antimicrobiano 100% natural "Nanoclean Active" desenvolvido para transformar embalagens convencionais em embalagens ativas, produzido com ácidos orgânicos (100%). Das 3 linhas de produtos certamente uma resolverá o seu problema de microrganismos com eficiência e economia. Você encontrará também no www.provida.ind.br várias matérias técnicas sobre plásticos, boas práticas, bactérias, fungos, bolores, leveduras e vírus. Além de ter acesso a várias matérias de institutos ligados à saúde e a indústria alimentícia.
    Rúbio Ribas

    ResponderExcluir
  4. Bom dia,

    Surge uma opção inovadora, nano tecnológica, de origem alemã, aplicável em ambientes que tratem de saúde humana ou veterinária.
    Nanoclen Liquid Glass Antimicrobial.
    Vidro líquido antimicrobiano /antibacteriano e bacteiostático Proteção permanente para superfícies metálicas, cerâmicas, têxteis e plásticas com proteção antimicrobiana. Germany tecnologic. Deutsch technologie. Nanoclean Antimicrobial Liquid Glass é uma solução:

    • De aplicação prática.
    • Eficiente.
    • Eco Friend, é ambientalmente correto.
    • Atóxico.
    • Econômico.
    • Reduz consumo de água potável.
    • Reduz consumo de energia elétrica.
    • Estético, melhora a aparência, melhora a apresentação do produto.
    • Altamente catiônico, sendo antimicrobiano, antibacteriano e bacteriostático.
    • Elimina mofo.
    • Efeito Fungicida.
    • Resiste a altas temperaturas.
    • Resiste a baixas temperaturas.
    • Pode ser utilizados em produtos usados.
    • Escala nanométrica, invisível ao olho nu. 500 vezes menor que o diâmetro do fio de cabelo.
    • Hidrofóbico, repele líquidos como óleos, água e fluídos ou melhor ele é superfóbico.
    • Repelem sujidades.
    • Resistentes a abrasão.
    • Reduz a fixação de substratos orgânicos nas superfícies protegidas.
    • Combate o biofilme em ambientes hospitalares e alimentício.
    • Transpirável. Respirável.
    • Flexível.
    • Reduz drasticamente o consumo de produtos químicos utilizados em limpeza.
    • Reduz o tempo de limpeza. Menos não de obra.
    • Anti aderente.
    • Evita manchas bioestáticas.

    Vidro líquido Antimicrobiano Nanoclean é nano tecnologia que aumenta a qualidade de vida de todos, evitando contaminação cruzada em hospitais e industrias alimentícias. Reduz a infecção hospitalar e contaminação alimentar. É um ótimo suporte as boas práticas, suas características:

    • Antimicrobiano
    • Antibacteriano
    • Anti Fúngico
    • Reduz contaminação cruzada
    • Reduz infecção hospitalar
    • Reduz contaminação alimentícia.


    Nanoclean Liquid Glass tem compatibilidade com os seguintes materiais:

    • Borrachas
    • Popipropileno
    • Polietileno
    • PET
    • NYLON
    • ABS
    • SAN
    • PVC
    • Aluminio
    • Aço Carbono
    • Aço Inoxidável
    • Cobre
    • Zinco
    • Fibras de Algodão
    • Fibras Sintéticas
    • Tecido Não Tecido (TNT)
    • Cerâmica
    • Cimento
    • Esmalte
    • Barro
    Algumas áreas de aplicação:

    • Residências
    • Cozinha
    • Área de Serviço
    • Banheiros
    • Garagem
    • Borda de piscina
    • Piso de piscina
    • Sauna
    • Salão de festas
    • Academia


    • Empresas alimentícias
    • Pallet
    • Pisos
    • Móveis
    • Portas
    • Containers de movimentação interna
    • Lixeiras
    • Banheiros
    • Uniformes
    • Equipamentos de produção
    • Ferramentas
    • Veículos de transporte de produtos acabados
    • Esteiras transportadoras
    • Silos de matéria prima
    • Silos de produtos acabados
    • EPI (equipamentos de segurança individual)


    • Áreas de saúde
    • Pisos
    • Portas
    • Tomadas
    • Lixeiras
    • Baldes
    • Calçados
    • Uniformes
    • Container de transporte interno
    • Banheiros (totalmente)
    • Ambulâncias
    • Laboratório
    • Estetoscópios
    • Instrumentos cirúrgicos
    • Camas
    • Capa de colchões
    • Restaurante
    • Cozinha
    • Paredes
    • Maçanetas

    Nanoclean Liquid Glass combate e elimina infecção hospitalar cruzada e a contaminação alimentar. Não permite formação de biofilmes.
    Aplicável em hospitais, clinicas, consultórios, laboratórios, restaurantes, ambientes públicos e residências.

    Att

    Rúbio Ribas
    Skype: rubioribas
    E-mail: rubio@provida.ind.br
    WWW.provida.ind.br


    ResponderExcluir