Filmes Comentários

sábado, 12 de novembro de 2011

Depoimento

Ricardo Líper

Relato da miséria nossa de cada dia na Salvador terra de muita dor. Acho que a demonização da vida diária das pessoas por empresas, por autoridades que exercem pequenos ou grandes poderes sobre nós nos inferniza a vida e não dá para aceitar calados. 
Não sei se foi porque choveu, mas desconfio que pode ter sido. Choveu, os telefones apresentam algum defeito. O daqui de casa chamava apenas uma vez e, às vezes, ficava com barulho e ou ficava mudo. A tarde, embora extremamente ocupado me preparando para uma avaliação profissional,  liguei para o número 10331. Fui atendido por uma secretária eletrônica que depois de me  informar o número do protocolo e me intimidar dizendo que a ligação seria gravada e que eu podia solicitar a ligação, caiu. Liguei sete vezes e a mesma coisa ocorreu. Liguei para 102 querendo um outro número da Oi. Ela só me dava o mesmo. Enfim, me senti diante da truculência, da irresponsabilidade absoluta, do total desprezo pelas pessoas, do faço o que quero com as pessoas e pronto, elas que se mordam.  Eu só queria um outro telefone. Olhei a conta e nada. Não achei, liguei para 102 e também nada. Vocês acham que eles vão me  mandar as gravações dos 7 protocolos que anotei? Sei que máquinas podem quebrar, mas não ter outras opções de falar com outros telefones? Se tem, peço desculpas, e me digam qual é? O serviço 102, que é pago, me deu o número 32112206 com o qual não consegui falar. Enfim, raciocinem, avaliem a cidade e o país no qual você vive. Depois você pode pensar porque nós criticamos tanto. Quer mais motivos? Basta observar o dia a dia e os sofrimentos infligidos por coisas tão banais como serviços de água, luz, telefones porque educação, saúde e possibilidade de conseguir um emprego e ganhar algum dinheiro honestamente, quá,quá,quá...

Um comentário:

  1. se vira nos trinta brasilnildo...................

    ResponderExcluir